Agronegócio
Preço do boi gordo volta ao patamar de R$ 200 por arroba, diz Scot
Empresa afirma que a oferta restrita de boiadas, travando o andamento das escalas de abate, fez com que os frigoríficos ofertassem preços maiores

Por Canal Rural
Publicado 27/03/2020
A A
Foto: Ministério da Agricultura

Os preços da arroba do boi gordo voltaram a patamar de R$ 200 em São Paulo no fechamento desta quinta-feira, 27. De acordo com a Scot Consultoria, houve uma alta de 3,1% na comparação feita dia a dia, ou R$ 6 por arroba.

Com o desconto do Senar, a arroba está cotada em R$ 199,50, e em R$ 197,00, livre de imposto (Senar e Funrural), considerando o preço à vista. A empresa ressalta que altas também foram registradas em mais 15 praças pecuárias.

“A oferta restrita de boiadas, travando o andamento das escalas de abate, fez com que as indústrias ofertassem preços maiores”, disse a Scot.

Em São Paulo, as escalas avançaram pontualmente, mas ainda permanecem enxutas e atendem em média três dias. Escalas mais longas somente pulando dias de abate.

Coronavírus

Na última semana, as negociações ficaram totalmente travadas por conta da incerteza em relação ao surto do coronavírus. Frigoríficos, com receio sobre as futuras exportações, algumas indústrias anunciaram paralisação de unidades. Com o cenário, empresas ofertaram até R$ 20 a menos por arroba. Já o pcuarista, diante da boa condição das pastagens, decidiu não realizar negócios.

Fonte: Canal Rural

Boi Gordo   Scot Consultoria   Arroba   Senar   Escalas   Preços   Patamar  

Mais em Agronegócio